InicioAtualidadeJacinto Serrão quer recuperar mercado municipal de Câmara de Lobos

Jacinto Serrão quer recuperar mercado municipal de Câmara de Lobos

Jacinto Serrão considera fundamental recuperar o mercado municipal de Câmara de Lobos e torná-lo mais atrativo e dinâmico, um ponto de visita turístico de referência. A revitalização deste espaço é um dos compromissos da candidatura do PS à Câmara Municipal de Câmara de Lobos.

O candidato do PS à Autarquia local diz que “o mercado municipal de Câmara de Lobos, como está, não é um ponto de atração da nossa cidade. Mas isso pode ser invertido, com uma intervenção adequada, que repense o espaço e o torne mais apetecível, quer para comerciantes, clientes e turistas que nos visitam”.

Passaram 20 anos desde as obras de remodelação do mercado municipal de Câmara de Lobos e, segundo a candidatura do PS, é hora de repensar o espaço e torná-lo mais competitivo e atrativo. “Queremos que o mercado municipal se torne uma marca da cidade e um ponto irresistível para visitar, não só para munícipes, mas também para quem nos visita e procura conhecer a nossa cidade, os nossos costumes e os nossos produtos, incluindo o artesanato”, sublinha. 

O candidato lembrou que, num concelho com tanta produção agrícola e com tradição piscatória, o mercado municipal pode e deve constituir-se como um importante instrumento para a divulgação e escoamento dos produtos do concelho. “Queremos que as pessoas recuperem o hábito de irem ao nosso mercado municipal à procura dos produtos da terra. Mas para isso, é preciso que o espaço seja atrativo, é preciso ter a adesão de produtores em número suficiente que garanta diversidade e satisfaça a procura”, adianta.

A candidatura do PS Madeira pretende também recuperar a história do edifício em que o mercado está sedeado, um antigo engenho de cana-de-açúcar. “O mercado tem uma história, que precisa ser contada a quem o visita, tornando-se uma forma de valorização do espaço”, destaca.

O candidato acredita que essa valorização passa também pela organização de iniciativas gastronómicas e exposições que divulguem a cultura e tradições do concelho. Segundo Jacinto Serrão, esta revalorização do mercado exige uma intervenção profunda, que requer proatividade na captação dos fundos necessários para o efeito: “Pretendemos candidatarmo-nos a apoios comunitários que permitam levar a cabo esta obra de requalificação que consideramos fundamental para a cidade”, conclui.

X