InicioAtualidadeFERRY MAIS UMA PROMESSA ADIADA

FERRY MAIS UMA PROMESSA ADIADA

Contudo, o deputado Victor Freitas salientou que a linha de ferry não foi criada e a promessa de “nem mais um tostão para o Jornal da Madeira” foi esquecida, sobre o avião cargueiro, lembrou que Albuquerque se “passeou ao lado dos promotores” mas não veio nada.

Por sua vez, Victor Freitas voltou a afirmar, no plenário da ALM, que o não cumprimento das promessas do presidente do governo regional não tem sido devidamente noticiado pela comunicação social regional. “Olhamos para a rua Fernão Ornelas e o que vemos é JM de um lado e do outro”, afirmou o deputado socialista. “A palavra do presidente do governo não vale nada, nem vergonha na cara tem”, afirmou.

Victor Freitas aproveitou para acusar o PSD de ter mudado o comportamento em relação a Lisboa. “Enquanto o governo era do PSD e do CDS, não se pedia nada, logo que o governo mudou, pede-se tudo”, vincou o deputado. 

Por outro lado, Jaime Leandro aproveitou a discussão sobre as “Medidas de segurança para fazer facce ao perigo dos materiais radioativos”, iniciativa do Partido Comunista, para falar da “perigosidade radioativa” que é o PSD “que chegou aqui de boa vontade, prometeu mundos e fundos mas os chinelo está a escorregar-lhe do pé”, finalizou o líder parlamentar. 

X