InicioTendência SindicalPS quer ajudar a estancar o desemprego e criar melhores condições de...

PS quer ajudar a estancar o desemprego e criar melhores condições de trabalho

Tal como adiantou o presidente do PS-M, o objetivo é aproximar o partido dos problemas relacionados com o trabalho e ajudar na resolução dos mesmos.

Paulo Cafôfo disse que as questões laborais e sindicais nunca foram tão prementes, até pelo facto de, na Madeira, estarmos já com 20 mil desempregados. Por isso, «é importante que possamos contribuir para estancar este aumento do número desempregados, mas também para termos soluções para que a criação de emprego seja uma realidade», afirmou.

Por outro lado, apontou o facto de o mundo do trabalho na Região ser marcado por muitas desigualdades, por baixos salários e por muita precariedade. «Isso verifica-se porque a Madeira tem dos salários médios mais baixos do país. O nosso salário médio é muito próximo do salário mínimo regional», declarou, frisando que «precisamos de empregos mais qualificados e de salários mais elevados».

Assim, de modo a poder participar de forma ativa na criação de condições para mais e melhor emprego, com mais rendimentos para os trabalhadores, o PS contou, na iniciativa desta tarde, com os contributos de representantes do SINTAP, da delegação do Sindicato dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, do Sindicato dos Enfermeiros da Região Autónoma da Madeira e do Sindicato dos Bancários, bem como da vereadora da Câmara Municipal de Machico, Mónica Vieira, e da deputada Sofia Canha (que moderou o debate).

X