InicioAtualidadePS-M QUER REFORMA DO SISTEMA POLÍTICO

PS-M QUER REFORMA DO SISTEMA POLÍTICO

Carlos Pereira justificou o tema com a importância que o cargo tem, não de um ponto de vista utilitário, sublinhando que “há valores simbólicos, no aprofundamento da autonomia da Madeira, que são essenciais para aquilo que entendemos que serve melhor os madeirenses.”

Refira-se que o histórico socialista André Escórcio, o deputado centrista Ricardo Vieira e a ex-deputada social-democrata Rafaela Fernandes foram os oradores convidados. O debate foi moderado pela jornalista Sandra Cardoso e teve lugar na reitoria da Universidade da Madeira, no centro do Funchal.

O objectivo deste debate foi assegurar propostas concretas que resultem num processo de participação e reflexão abertos a profissionais independentes oriundos de várias áreas do saber. De acordo com as metas traçadas na apresentação deste órgão, é intenção do PS recolher contributos de cidadãos ligados ao empreendedorismo, à medicina, à educação, ao sindicalismo e à cultura e às novas tecnologias.

Desta feita, O PS espera conseguir alcançar um consenso político na Madeira, em torno deste tema, para que seja possível construir um projecto diferente e melhor para os madeirenses. Mas, o assunto é também do interesse dos açorianos, com quem o PS está a trabalhar.

Quanto à governação de Miguel Albuquerque, Carlos Pereira mencionou que “o PS continua preocupado com alguma apatia que verifica no Governo Regional, no que concerne ao conjunto de demissões mais ou menos significativo, umas mais discretas do que outras. Temos uma demissão por mês no GR, já temos mais do que 12 demissões.” Situação, que no entender de Carlos Pereira, mostra uma total incapacidade do Governo em de cumprir aquilo que promete.

Por outro lado, o líder socialista insular recordou o recente comunicado assinado por Francisco Jardim Ramos, ex-secretário da saúde, mencionando que: “São do mesmo partido e é incompreensível que se estejam a acusar na praça pública desta forma.” Não que o PS tenha a ver com a questão interna do PSD, mas pelo que essa divisão representa na vida dos madeirenses, apelando ao Governo Regional, bem como ao PSD-M que consigam meter ordem na casa, para o bem dos madeirenses e portosantenses. 

 


 

Fotos

Soundcloud

X