InicioAtualidadePS denuncia “cinismo” do Governo e da Câmara de Câmara de Lobos...

PS denuncia “cinismo” do Governo e da Câmara de Câmara de Lobos em relação aos problemas dos pescadores

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista apontou hoje duras críticas ao Governo Regional e à Câmara Municipal de Câmara de Lobos pelo facto de não resolverem os problemas dos pescadores e armadores, quando têm condições para fazê-lo.

Em conferência de imprensa realizada na baía de Câmara de Lobos, o deputado Jacinto Serrão reportou-se à abertura da festa do Peixe-Espada Preto, na passada semana, momento em que o secretário regional do Mar e Pescas e os presidentes da Câmara e da Junta de Freguesia “vieram dar palmadinhas nas costas dos pescadores e dos armadores, lamentando-se dos graves problemas que este setor está a atravessar”, concretamente a necessária renovação da frota pesqueira, a falta de condições de trabalho e os fracos rendimentos dos pescadores.

Conforme fez questão de esclarecer, o Partido Socialista já levou várias propostas sobre esta matéria ao Parlamento regional e à autarquia, mas as mesmas nunca foram aceites. “O discurso do senhor presidente da Câmara e do senhor secretário regional, lamentando-se por estes problemas, é um discurso cínico, porque eles têm a faca e o queijo na mão”, referiu o deputado, acrescentando que “eles deveriam era lamentar-se pelo chumbo, por parte da maioria na Assembleia Legislativa, às propostas que o PS apresentou para resolver estes problemas da renovação da frota pesqueira, da melhoria das condições de trabalho para os pescadores em terra e mar e da melhoria dos seus rendimentos”.

Jacinto Serrão alertou os pescadores e armadores para que não continuem a deixar-se iludir. “Se eles estão a governar durante estes anos todos, o que é que andaram a fazer que não resolveram estes problemas? Porque é que continuam a chumbar as propostas do PS e de outros partidos da oposição?”, questionou, vincando que “há uma atitude cínica por parte de quem governa, porque tem um discurso de palmadinhas nas costas dos pescadores e dos armadores, mas depois, na prática, não fazem nada para resolver os problemas”.

“O Governo Regional só tem olhos para a aquacultura”, disse ainda, acrescentando que “o setor tradicional das pescas tem tido o desdém e a desconsideração total por parte das políticas da governação”.

X