InicioAtualidadePALAVRA DO PRIMEIRO MINISTRO SERÁ HONRADA

PALAVRA DO PRIMEIRO MINISTRO SERÁ HONRADA

Neste contexto, acusou o PSD-M de brincar aos hospitais, referindo que o problema a que se assiste é de convicção, bem como de princípios existentes sobre esta matéria, que têm minado a estratégia de construção desta infraestrutura, recordando por isso o avanço e recuo, sistemático, do Governo Regional que tem criado, sobretudo, entropias.

No que concerne ao Projeto de Resolução sobre a “Formação e disponibilização urgente de apoio psicossocial às crianças, jovens e adultos vítimas dos incêndios na Região Autónoma da Madeira”, a deputada Sofia Canha salientou que “as vítimas mais vulneráveis são as crianças”, e perguntou à deputada do PCP, Sílvia Vasconcelos, “se as equipas de formação que pressupõe estarão em ligação com as escolas para que o apoio seja realizado, questionado também se o apoio será feito em articulação com os Centros de Saúde, uma vez que são de facto as unidades mais próximas das populações”.

Em relação à apreciação na generalidade do projeto de resolução, que visa a “construção de tanques de armazenamento de águas pluviais em zonas de risco de incêndios”, o deputado Avelino Conceição afirmou que na Região Autónoma da Madeira há um caos urbanístico, salientando que se verifica por parte do governo regional a atração pelas zonas de risco, vendo-se inclusive infraestruturas implementadas em zonas menos aconselhadas, como nos leitos das ribeiras, nas escarpas, nomeadamente escolas, Quartel de Bombeiros, Centros de Saúde, entre outros. Assim sendo, referiu que este projeto de resolução vai ao encontro do que tem sido abordado, na ALM, ou seja a prevenção, defendendo por isso a construção de tanques de armazenamento de águas para fazer face aos incêndios. 

 

X