InicioAtualidadeGARROTE FISCAL NÃO É SUPORTÁVEL MUITO MAIS TEMPO POR MADEIRENSES E PORTO-SANTENSES

GARROTE FISCAL NÃO É SUPORTÁVEL MUITO MAIS TEMPO POR MADEIRENSES E PORTO-SANTENSES

Jaime Leandro lembrando a questão dos apoios à Segurança Social quis saber a razão pela qual o Governo Regional retirou 5 milhões de euros ao Instituto de Segurança Social da Madeira. Ora no seu entender o executivo madeirense vai à boleia das medidas nacionais, referindo-se à questão do desagravamento do IVA, “mas quando este governo regional fala em maior autonomia fiscal é para tramar o contribuinte, agravando impostos, espezinhando os madeirenses e porto-santenses”, criticou. “Fica, assim, demonstrado que o PSD encontra sempre desculpas na teoria do inimigo externo, o mesmo paradigma dos anteriores governos, o que faz com que este governo regional não seja diferente dos outros do PSD, ainda, que tenham novas roupagens.

Refira-se que o secretário regional das Finanças esteve na Assembleia Legislativa Regional, a apresentar a Conta da Região referente a 2015, e que é também a primeira Conta do XII Governo Regional.

 

X