Notas de Imprensa

14.08.2019

CAFÔFO QUER RESOLVER PROBLEMAS DE HABITAÇÃO GRAVES NA REGIÃO ATÉ 2026

O candidato do Partido Socialista-Madeira à presidência do Governo Regional esteve, esta manhã, no bairro dos Viveiros, ocasião que aproveitou para dar conta do objetivo de resolver os problemas de habitação graves na Região até 2026.

Depois de lembrar as necessidades habitacionais que ainda existem, referindo que há pessoas que vivem em «condições nada dignas, em casas muito precárias e em muito mau estado», e recordando os valores de mercado para a aquisição ou o arrendamento, Paulo Cafôfo adiantou que «a nossa estratégia passa por resolvermos os graves problemas de habitação até 2026», quando se vão celebrar os 50 anos da Autonomia.

«A Autonomia é das maiores conquistas da nossa história e serve para nós, madeirenses, resolvermos os nossos problemas. A habitação é um problema e nós temos na Região os meios para poder resolver esta falta de habitação condigna para as pessoas», sustentou.

Para atingir este fim, o cabeça-de-lista do PS-M às eleições legislativas regionais apontou vários objetivos, um dos quais passa por construir novos núcleos de habitação social nos diversos concelhos da Região. Mas, esclareceu que será habitação social de qualidade, porque «quem irá habitar estas casas necessita e tem os mesmos direitos de ter uma habitação com a excelência e com a qualidade de qualquer outra habitação no mercado». «Queremos promover equipamentos e que haja nesses equipamentos estruturas e espaços para um espírito comunitário, para relações familiares saudáveis, para uma comunicação intergeracional, acima de tudo para que haja qualidade de vida para quem vai ali habitar», acrescentou. Outros objetivos são criar programas de apoio para recuperação de habitações degradadas, bem como «um programa para rendas acessíveis», apoiando aquelas pessoas cujos salários/rendimentos não chegam para cobrir os custos de uma habitação.

Encontrando-se nos Viveiros, num espaço que foi construído enquanto era presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo lembrou que nos últimos anos a única entidade que construiu habitação social foi precisamente a autarquia funchalense, enquanto o próprio foi edil. Não obstante este trabalho, o candidato socialista considera que «muito mais há a fazer» na Região. «Há pessoas que vivem em situações muito precárias, muito degradantes e não é admissível que, quando se está a completar 50 anos da nossa Autonomia, não tenham ainda a sua habitação, que é um direito», disse, frisando que «nós vamos, com certeza, realizar esse direito a uma habitação que seja condigna».

22.01.2020

PS-FUNCHAL ENALTECE TRABALHO DA CMF NA LIMPEZA URBANA

A concelhia do Funchal do Partido Socialista visitou, hoje, a Estação de Transferência e Triagem de Resíduos Sólidos do Funchal, nos Viveiros, tendo destacado o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo departamento de Ambiente da autarquia.

19.01.2020

PS EXIGE MELHORIA DAS CONDIÇÕES DO PORTO E VARADOURO DO PAUL DO MAR

A falta de condições adequadas no porto e no varadouro do Paul do Mar continua a deixar descontentes os utilizadores destas infraestruturas.

Este desalento foi transmitido pelos próprios à deputada do PS Sofia Canha, também vereadora na Câmara Municipal da Calheta, que alerta para a necessidade de dotar estes espaços dos requisitos condignos para a sua utilização.

11.01.2020

PS-FUNCHAL EXIGE OBRAS DE PROTEÇÃO JUNTO ÀS RIBEIRAS E ALERTA PARA DEFESA DO PATRIMÓNIO

Membros da Concelhia do Funchal do Partido Socialista estiveram, esta manhã, junto à ribeira de João Gomes, na zona do Campo da Barca, tendo criticado a inexistência de uma intervenção nos muros de proteção neste curso de água por parte do Governo Regional, de modo a garantir a segurança das pessoas.

12.11.2019

PS REVELA MEIAS-VERDADES DO SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

No debate do Programa de Governo, na Assembleia Legislativa da Madeira, o Secretário Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, em resposta à questão colocada pela deputada socialista Olga Fernandes sobre as quotas para o acesso ao 5.º e 7.º escalão na carreira de docente, respondeu com uma meia-verdade.

O trabalho político do PS e a proposta de resolução que já foi entregue no sentido de eliminar as quotas para a progressão da classe docente forçou assim o Governo Regional a tomar medidas, embora fique pela metade da solução.

05.11.2019

PS EXIGE CÉLERE REGULAMENTAÇÃO DO ESTATUTO DO CUIDADOR INFORMAL

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) exige ao Governo Regional uma pronta regulamentação do Estatuto do Cuidador Informal da Região Autónoma da Madeira como forma de salvaguardar os direitos dos cuidadores.

04.11.2019

PS QUESTIONA GOVERNO SOBRE ATRASO NO CONCURSO PARA ASSISTENTES OPERACIONAIS PARA ESCOLAS

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista quer saber o porquê do atraso, por parte do Governo Regional, na conclusão do procedimento concursal para a contratação de assistentes operacionais para as escolas da Região.

Acção Socialista