Notas de Imprensa

13.08.2019

CAFÔFO QUER REFORÇO DO ORÇAMENTO PARA A SAÚDE E MAIS MÉDICOS E ENFERMEIROS DE FAMÍLIA

O candidato do Partido Socialista-Madeira a presidente do Governo Regional visitou, esta manhã, o centro de saúde de Santo António, para aferir como é que o mesmo funciona e, acima de tudo, como é que a rede de cuidados primários está a funcionar na Região.

Na ocasião, Paulo Cafôfo lembrou que a regionalização da saúde foi das maiores conquistas que tivemos na Autonomia, por aquilo que proporcionou em termos de valências e de acesso aos cuidados. Contudo, afirmou que o Sistema Regional de Saúde, que foi no passado um exemplo e um modelo, «tem-se degradado progressivamente nos últimos anos, com erros de gestão, com uma gestão também por vezes conflituosa, com a desqualificação de excelentes profissionais e com o desinvestimento financeiro», o que tem provocado não só dificuldades no acesso à saúde, como a saída de profissionais do sistema regional e a desmotivação dos que ainda cá estão.

O cabeça-de-lista do PS-M às eleições legislativas regionais entende que há que inverter este processo e garantir duas coisas. Em primeiro lugar, que o subfinanciamento da saúde acabe. «Nós precisamos de reforçar o orçamento para a saúde, para não termos um orçamento que está simplesmente a gerir uma crise permanente», explicou. Em segundo lugar, adiantou que temos de garantir o acesso universal à saúde, o que poderá ser feito com mais médicos de família. Tal como recordou Paulo Cafôfo, 36% da população madeirense e 47% da população do Funchal não tem acesso a médico de família. Considerando que os cuidados primários são essenciais, o candidato deu conta que «precisamos de contratar mais médicos e enfermeiros de família, com um reforço destas equipas de saúde, com a reorganização destes cuidados primários, com a valorização dos profissionais».

Na sua ótica, os centros de saúde e os cuidados primários devem ser uma resposta de proximidade fundamental para, não só no caráter preventivo, mas também nos cuidados, o acesso à saúde estar garantido em qualidade. «Sendo a saúde uma prioridade para nós, a prioridade tem de começar pelos centros de saúde, pelos cuidados de saúde primários, porque esse é o caminho certo na inversão da degradação do Sistema Regional de Saúde», acrescentou.

Questionado sobre o que pretende fazer para cativar e fixar estes profissionais, o candidato do PS-M explicou que passa muito pela criação de incentivos para a sua fixação. «Nós precisamos de continuar a abrir concursos com vagas para a função pública. […] Em duas áreas essenciais – a Saúde e a Educação – teremos claramente de aumentar o número de colaboradores da função pública, criando também incentivos para que, nomeadamente no caso dos enfermeiros e no caso dos médicos, possam fixar-se aqui na Região, porque temos ainda algumas lacunas, em virtude também de termos tido nos últimos anos saída de profissionais para o privado», rematou.

22.01.2020

PS-FUNCHAL ENALTECE TRABALHO DA CMF NA LIMPEZA URBANA

A concelhia do Funchal do Partido Socialista visitou, hoje, a Estação de Transferência e Triagem de Resíduos Sólidos do Funchal, nos Viveiros, tendo destacado o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo departamento de Ambiente da autarquia.

19.01.2020

PS EXIGE MELHORIA DAS CONDIÇÕES DO PORTO E VARADOURO DO PAUL DO MAR

A falta de condições adequadas no porto e no varadouro do Paul do Mar continua a deixar descontentes os utilizadores destas infraestruturas.

Este desalento foi transmitido pelos próprios à deputada do PS Sofia Canha, também vereadora na Câmara Municipal da Calheta, que alerta para a necessidade de dotar estes espaços dos requisitos condignos para a sua utilização.

11.01.2020

PS-FUNCHAL EXIGE OBRAS DE PROTEÇÃO JUNTO ÀS RIBEIRAS E ALERTA PARA DEFESA DO PATRIMÓNIO

Membros da Concelhia do Funchal do Partido Socialista estiveram, esta manhã, junto à ribeira de João Gomes, na zona do Campo da Barca, tendo criticado a inexistência de uma intervenção nos muros de proteção neste curso de água por parte do Governo Regional, de modo a garantir a segurança das pessoas.

12.11.2019

PS REVELA MEIAS-VERDADES DO SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

No debate do Programa de Governo, na Assembleia Legislativa da Madeira, o Secretário Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, em resposta à questão colocada pela deputada socialista Olga Fernandes sobre as quotas para o acesso ao 5.º e 7.º escalão na carreira de docente, respondeu com uma meia-verdade.

O trabalho político do PS e a proposta de resolução que já foi entregue no sentido de eliminar as quotas para a progressão da classe docente forçou assim o Governo Regional a tomar medidas, embora fique pela metade da solução.

05.11.2019

PS EXIGE CÉLERE REGULAMENTAÇÃO DO ESTATUTO DO CUIDADOR INFORMAL

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) exige ao Governo Regional uma pronta regulamentação do Estatuto do Cuidador Informal da Região Autónoma da Madeira como forma de salvaguardar os direitos dos cuidadores.

04.11.2019

PS QUESTIONA GOVERNO SOBRE ATRASO NO CONCURSO PARA ASSISTENTES OPERACIONAIS PARA ESCOLAS

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista quer saber o porquê do atraso, por parte do Governo Regional, na conclusão do procedimento concursal para a contratação de assistentes operacionais para as escolas da Região.

Acção Socialista