Notas de Imprensa

13.08.2019

CAFÔFO QUER REFORÇO DO ORÇAMENTO PARA A SAÚDE E MAIS MÉDICOS E ENFERMEIROS DE FAMÍLIA

O candidato do Partido Socialista-Madeira a presidente do Governo Regional visitou, esta manhã, o centro de saúde de Santo António, para aferir como é que o mesmo funciona e, acima de tudo, como é que a rede de cuidados primários está a funcionar na Região.

Na ocasião, Paulo Cafôfo lembrou que a regionalização da saúde foi das maiores conquistas que tivemos na Autonomia, por aquilo que proporcionou em termos de valências e de acesso aos cuidados. Contudo, afirmou que o Sistema Regional de Saúde, que foi no passado um exemplo e um modelo, «tem-se degradado progressivamente nos últimos anos, com erros de gestão, com uma gestão também por vezes conflituosa, com a desqualificação de excelentes profissionais e com o desinvestimento financeiro», o que tem provocado não só dificuldades no acesso à saúde, como a saída de profissionais do sistema regional e a desmotivação dos que ainda cá estão.

O cabeça-de-lista do PS-M às eleições legislativas regionais entende que há que inverter este processo e garantir duas coisas. Em primeiro lugar, que o subfinanciamento da saúde acabe. «Nós precisamos de reforçar o orçamento para a saúde, para não termos um orçamento que está simplesmente a gerir uma crise permanente», explicou. Em segundo lugar, adiantou que temos de garantir o acesso universal à saúde, o que poderá ser feito com mais médicos de família. Tal como recordou Paulo Cafôfo, 36% da população madeirense e 47% da população do Funchal não tem acesso a médico de família. Considerando que os cuidados primários são essenciais, o candidato deu conta que «precisamos de contratar mais médicos e enfermeiros de família, com um reforço destas equipas de saúde, com a reorganização destes cuidados primários, com a valorização dos profissionais».

Na sua ótica, os centros de saúde e os cuidados primários devem ser uma resposta de proximidade fundamental para, não só no caráter preventivo, mas também nos cuidados, o acesso à saúde estar garantido em qualidade. «Sendo a saúde uma prioridade para nós, a prioridade tem de começar pelos centros de saúde, pelos cuidados de saúde primários, porque esse é o caminho certo na inversão da degradação do Sistema Regional de Saúde», acrescentou.

Questionado sobre o que pretende fazer para cativar e fixar estes profissionais, o candidato do PS-M explicou que passa muito pela criação de incentivos para a sua fixação. «Nós precisamos de continuar a abrir concursos com vagas para a função pública. […] Em duas áreas essenciais – a Saúde e a Educação – teremos claramente de aumentar o número de colaboradores da função pública, criando também incentivos para que, nomeadamente no caso dos enfermeiros e no caso dos médicos, possam fixar-se aqui na Região, porque temos ainda algumas lacunas, em virtude também de termos tido nos últimos anos saída de profissionais para o privado», rematou.

03.10.2019

PS-M QUER GARANTIR UM FINANCIAMENTO SÓLIDO PARA A UNIVERSIDADE DA MADEIRA

Trabalhar no sentido de conseguir garantir um financiamento sólido para a Universidade da Madeira (UMa) e adequado à sua condição ultraperiférica é um dos compromissos da candidatura do Partido Socialista às eleições legislativas nacionais do próximo domingo.

Esta tarde, os candidatos socialistas estiveram reunidos com a Reitoria do referido estabelecimento de ensino superior. Um encontro que o cabeça de lista classificou de muito elucidativo, no sentido de avaliar as dificuldades da academia.

01.10.2019

CARLOS PEREIRA DIZ QUE ANA GOMES TEM PREJUDICADO A REGIÃO E NÃO É BEM-VINDA À MADEIRA

O cabeça de lista do PS às eleições legislativas nacionais pelo círculo eleitoral da Madeira criticou, hoje, as posições que a ex-eurodeputada Ana Gomes tem tomado relativamente ao Centro Internacional de Negócios da Madeira e considerou que esta tem prejudicado a Região.

Carlos Pereira falava esta manhã, após uma reunião com a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, a cuja administração transmitiu que o objetivo da candidatura socialista é «contribuir para que haja uma grande estabilidade no Centro Internacional de Negócios da Madeira, para garantir que é possível atrair ainda mais empresas, com uma boa estratégia para criar ainda mais emprego e diversificar a economia».

30.09.2019

PS É O PARTIDO COM MELHORES CONDIÇÕES PARA DEFENDER A MADEIRA

Os candidatos do PS-Madeira às eleições legislativas nacionais do próximo domingo estiveram, esta manhã, em contacto com a população e com os comerciantes no centro do Funchal, transmitindo a mensagem de que este é o partido que está mais bem preparado para defender os interesses da Madeira na Assembleia da República.

28.09.2019

FOI GRAÇAS AO PS QUE FOI POSSÍVEL A TARIFA SOCIAL DE ELETRICIDADE E A TRANSFERÊNCIA DE VERBAS DOS JOGOS DA SANTA CASA

O cabeça de lista do PS às eleições legislativas nacionais pelo círculo eleitoral da Madeira lembrou, hoje, que foi graças ao trabalho desenvolvido pelos deputados socialistas na Assembleia da República que foram alcançadas diversas conquistas em prol dos madeirenses e porto-santenses.

28.09.2019

CARLOS PEREIRA ASSEGURA QUE O PS É O PARTIDO QUE ESTÁ MAIS BEM PREPARADO PARA DEFENDER A MADEIRA

Carlos Pereira assegurou, hoje, que o PS é o partido que está mais bem preparado para defender os interesses da Madeira na Assembleia da República, apelando, por isso, ao voto no próximo dia 6 de outubro.

O cabeça de lista às eleições legislativas nacionais pelo círculo eleitoral da Madeira esteve esta manhã no Mercado dos Lavradores em contacto com a população, tendo referido que, «na perspetiva de que haverá um governo do PSD/CDS na Madeira, é preciso que os deputados do PS na Assembleia da República tenham mais força».

26.09.2019

CARLOS PEREIRA LEMBRA QUE FOI O PS QUE MUDOU A LEI DOS RECURSOS HÍDRICOS, PERMITINDO LEGALIZAR CASAS NO PAUL DO MAR

A candidatura do Partido Socialista às eleições legislativas nacionais pelo círculo eleitoral da Madeira esteve, esta tarde, na freguesia do Paul do Mar. De visita aos núcleos urbanos ali existentes, o cabeça de lista, Carlos Pereira, lembrou que foi graças ao PS, com a mudança da Lei dos Recursos Hídricos, que foi possível a muitas famílias poderem legalizar as suas habitações. Isto porque, tal como recordou, havia muitas pessoas que tinham dificuldades nesse processo.

Acção Socialista