Atualidade

PS enaltece políticas da CMF na promoção do bem-estar e qualidade de vida
31.05.2021

PS enaltece políticas da CMF na promoção do bem-estar e qualidade de vida

O presidente do Partido Socialista-Madeira enalteceu, hoje, as políticas que têm sido levadas a cabo pela Câmara Municipal do Funchal (CMF) no âmbito da promoção do bem-estar e da qualidade de vida da população. Paulo Cafôfo falava aquando de uma visita ao Complexo Desportivo de São Martinho, na qual se fez acompanhar pelo presidente da CMF, inserida no âmbito do roteiro ‘Fazer Diferente’, esta semana dedicado à temática do Desporto e Qualidade de vida.

“As políticas da Câmara no âmbito do envelhecimento ativo são essenciais, porque, se as pessoas vivem cada vez mais tempo, é necessário que esses anos de vida possam ser bem vividos e com a qualidade de vida que as pessoas merecem”, sustentou o líder socialista, destacando as iniciativas no âmbito do bem-estar físico e mental das pessoas, bem como as atividades de cariz cultural e de socialização.

“A CMF tem feito uma política correta virada para a qualidade de vida e para o bem-estar das pessoas. Esta é uma marca desta autarquia, que tem também feito importantes investimentos nas infraestruturas”, disse ainda Paulo Cafôfo, dando conta dos melhoramentos neste espaço, nomeadamente o novo piso sintético, o aumento do ginásio – no âmbito do Orçamento Participativo Municipal – e a sua adaptação para a prática de boccia.

Por seu turno, o presidente da autarquia, Miguel Silva Gouveia, explicou que o complexo desportivo de São Martinho é uma súmula das políticas do município na área do desenvolvimento social, do incentivo ao desporto, da educação e do envelhecimento ativo.

O também candidato às eleições autárquicas adiantou que esta infraestrutura tem sido objeto de várias intervenções nos últimos anos, tendo já sido investidos cerca de 150 mil euros.

O edil funchalense sublinhou que este é “um investimento transgeracional, que vai dos zero até aos 100 anos”, sendo que “toda a gente cabe nas políticas de envelhecimento ativo, de educação e de desenvolvimento social que a câmara tem vindo a colocar no terreno”. Miguel Silva Gouveia destacou também a proximidade destas infraestruturas à escola primária, permitindo que a comunidade educativa use estas instalações para poder complementar a atividade física no âmbito do seu programa educativo.

Acção Socialista