Atualidade

“Atraso no novo hospital é fruto da incompetência do Governo Regional”, aponta Paulo Cafôfo
25.06.2020

“Atraso no novo hospital é fruto da incompetência do Governo Regional”, aponta Paulo Cafôfo

O deputado Paulo Cafôfo esteve, esta tarde, em Santa Rita, próximo do local onde está previsto a edificação do novo hospital da Madeira. O parlamentar acusa o Governo Regional por mais um atraso na construção do novo hospital, obra que deveria arrancar ainda este ano, segundo anunciou Miguel Albuquerque, durante as eleições regionais.

A iniciativa promovida pelo Grupo Parlamentar do PS-Madeira surge após ter sido noticiado que não existiu qualquer proposta para a construção do novo hospital, uma empreitada com um valor base de 205 milhões de euros.

“O atraso no novo hospital é fruto da incompetência do Governo Regional”, apontou Paulo Cafôfo, porta-voz do grupo, referindo mesmo que esta empreitada, “tem sofrido, infelizmente, muitos atrasos. Eu diria, atrasos em cima de atrasos ao longo dos últimos anos”.

O parlamentar não compreende o motivo de mais este atraso, lembrando que este concurso foi anunciado em dezembro de 2018. “É estranho, que depois de tantos projetos, estudos e avaliações não se chegue a um fim, ou seja, ao tão desejado início da obra”, expôs.

Paulo Cafôfo sublinhou que “este hospital, além de uma necessidade no âmbito da saúde”, também teria efeitos positivos na retoma económica, sublinhado que “precisamos de relançar a economia”, defendendo que “uma obra estruturante como esta, seria fundamental para criar mais emprego, durante a construção, mas também emprego na fase já de funcionamento do próprio hospital”. 

Atesta ainda que o Partido Socialista estará atento sobre uma possível cartelização, ou seja, a existência ou não de uma concertação das empresas para aumentar o valor base do hospital, fixado nos 205 milhões de euros. 

“Hoje, já houve notícias que algumas empresas dizem que o valor do hospital deveria ter um valor base de 250 milhões de euros. Ora, quando as empresas já põem o preço da construção do hospital, algo vai mal e, portanto, o Governo Regional tem de, nesta matéria, naquilo que é sua responsabilidade, verificar se há ou não uma concertação estratégica que poderá dar azo a queixas de uma cartelização”, apontou.

Paulo Cafôfo assegura que “o PS-Madeira estará atento a essa matéria”, mas destaca que “o importante agora, é que houvesse um desenvolvimento neste projeto, porque não deverá começar este ano, aliás relembro que o presidente do Governo Regional, enquanto candidato nas eleições regionais disse que durante o ano 2020, a obra estaria no terreno. Claramente que não estará este ano, nem acreditamos que estará no próximo ano”.

“Portanto, há aqui uma incompetência por parte do Governo Regional em não concretizar este projeto, em não o colocar no terreno, com o prejuízo para os madeirenses”, concluiu.

Acção Socialista