Atualidade

Jovens socialistas com prioridades bem definidas para 2020
06.01.2020

Jovens socialistas com prioridades bem definidas para 2020

A JS Madeira começou o ano novo com um grande encontro de jovens para debater os desafios da juventude para 2020. Este encontro contou com as intervenções do Presidente do PS Madeira, Emanuel Câmara, da Deputada da JS Madeira na ALRAM, Marina Barbosa, e do Presidente da JS-M e Deputado na Assembleia da República, Olavo Câmara.

Emanuel Câmara, presidente do PS Madeira, reforçou a importância da juventude e da sua participação nas forças ativas da sociedade madeirense, em particular dentro do Partido Socialista, bem como garantiu que o partido continua a ter uma veia progressista e instigadora de mudanças e evolução na nossa sociedade devido ao contributo dos mais jovens dentro do partido. O presidente do PS Madeira lembrou ainda que a sua liderança ficou marcada pela aposta nos jovens, em particular nos jovens quadros da JS Madeira, ao colocar pela primeira vez na história do partido vários jovens nos melhores lugares de sempre nos três atos eleitorais: Parlamento Europeu, Parlamento Nacional e Parlamento Regional. Uma aposta na juventude madeirense e nas qualidades e competência de três jovens em particular, que agora têm o futuro da Madeira e de várias gerações nas suas mãos.

Marina Barbosa, que ocupou o 4.º lugar na lista à Assembleia Regional, pela JS Madeira, realçou a importância do trabalho na ALRAM e da mais valia e dinâmica que os jovens podem trazer para o desenvolvimento legislativo da Região Autónoma da Madeira, no sentido de dirigir e invocar para o debate político as preocupações que as gerações mais novas têm como prioridade.

Olavo Câmara, presidente da JS Madeira e deputado na Assembleia da República, apontou os desafios da juventude para o próximo ano e a importância de medidas que vão ao encontro das necessidades da juventude e de todos os madeirenses. Para os jovens socialistas a educação, mobilidade, emprego, habitação e participação são temas essenciais e que requerem uma atuação prioritária, com medidas concretas e claras, exemplificando o caso dos manuais escolares gratuitos e o passe social combinado que deve ser uma realidade já em 2020, referindo que atualmente a Madeira é a única região do país onde isso não acontece. Sobre o emprego e habitação, o presidente da JS Madeira apontou como dois assuntos interligados e necessários à emancipação plena do jovem, apontando o combate à precariedade laboral e medidas que potenciem bons empregos, com respeito pela lei laboral, bem remunerados e de longa duração, como prioritários para que os jovens possam alcançar a sua emancipação, qualidade de vida e familiar desejada, bem como consigam acesso a uma habitação condigna. Olavo Câmara aponta mesmo a questão da habitação como um dos temas que tem de estar no centro do debate político em 2020 e espera que o Governo Regional acompanhe o Governo Nacional neste tema, que colocou a habitação como uma prioridade no seu Orçamento para 2020. “É preciso apresentar medidas concretas na Madeira para o acesso à habitação a preços acessíveis para os jovens trabalhadores, quer com incentivos à primeira habitação, quer com acesso a habitação social ou com programas de renda acessível”. Por fim, Olavo Câmara, enfatizou a importância da participação como fundamental para a nossa sociedade, desde a participação cívica e política, à participação nos grandes temas fraturantes da sociedade, em particular nas questões das alterações climáticas. “É emergente mobilizar todos os jovens em torno desta causa, a maior da nossa geração, que precisa de medidas e metas ambiciosas para que as gerações futuras venham a ter qualidade de vida como temos hoje”, refere. Olavo Câmara aponta ainda o dedo ao Governo Regional pela falta de ambição e de políticas que tornem a Madeira pioneira e na linha da frente no combate às questões das alterações climáticas e no desenvolvimento sustentável de toda a Região.

Este evento contou com perto de uma centena de jovens socialistas e realizou-se na passada sexta-feira, no concelho do Funchal.

Acção Socialista