Atualidade

PS defende abolição de quotas para os professores
26.11.2019

PS defende abolição de quotas para os professores

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista (PS) reuniu, hoje, 26 de novembro de 2019, com o Sindicato Democrático dos Professores da Madeira (SDPM) com o objetivo de abordar as principais preocupações e os novos desafios que se colocam à classe docente e às escolas. Nesta esta reunião o PS defendeu, a abolição das quotas para os professores que pretendem aceder ao 5º e 7º escalão.

O deputado Rui Caetano começou por referir que “durante a reunião foram abordadas as questões relacionadas com as fusões das escolas, onde o PS e também o Sindicato defende a necessidade de se definir critérios claros e objetivos, bem como uma audição aos principais agentes envolvidos, como forma de ouvir os principais agentes, os sindicatos, os pais, as escolas e as forças vivas envolventes”.

“A necessidade de abolir as quotas para os professores que pretendem aceder ao 5 e 7 escalão, bem como da recuperação das bonificações a todos os que adquiriram os mestrados e doutoramentos, foi um dos assuntos de destaque durante a reunião”, revelou o deputado.

Rui Caetano afirma ainda que “o PS sempre se mostrou contra as quotas, indo ao encontro dos órgãos que representam a classe para apurar as dificuldade que os professores sentem e como forma de tirar as conclusões necessárias para os trabalhos parlamentares, na defesa dos professores.

O parlamentar acrescentou ainda que “ foram ainda abordadas as dificuldades existentes no que concerne à Educação Especial e as misturas de diplomas, nacionais e regionais, que têm trazido confusões e instabilidade para dentro das escolas”.

Por fim, a “reunião incidiu também questões das aposentações e na necessidade de se legislar as condições de pré-reforma dos professores”, concluiu.

Acção Socialista