Atualidade

Zonas altas não podem ser esquecidas
12.09.2019

Zonas altas não podem ser esquecidas

A melhoria da qualidade de vida dos madeirenses tem de ser materializada com melhores acessibilidades, água e saneamento básico e espaços de lazer para as famílias. Para Paulo Cafôfo, as Zonas Altas devem merecer uma atenção especial por parte do Governo Regional, de forma a reduzir assimetrias e promover igualdade e justiça social.

O candidato do PS esteve esta manhã em contacto com a população na freguesia de Santo António, no Funchal. Paulo Cafôfo aponta as Zonas Altas como uma prioridade e a necessidade de ser implementada uma verdadeira política de proximidade, que responda ao que as pessoas que vivem nestas áreas necessitam.

“Durante os meus mandatos à frente da Câmara Municipal do Funchal houve uma preocupação com as Zonas Altas, materializada com o investimento e lançamento de diversas intervenções, em áreas-chave como as pavimentações, o saneamento básico e as novas acessibilidades. Estas intervenções fazem a diferença na qualidade de vida das pessoas e vieram romper com a inação e indiferença a que estas zonas foram votadas por sucessivos executivos camarários PSD. Agora, é importante manter e alargar este investimento, dando condições para que as pessoas possam viver uma vida condigna, com a qualidade que merecem”.

Para o candidato, o Governo Regional tem de implementar uma verdadeira política de proximidade. Para isso, defende a definição de contratos-programa com as autarquias para a realização de obras locais, água, saneamento básico, parques infantis e equipamentos lúdicos e pavimentações. A intervenção articulada com as autarquias é encarada como a forma mais eficaz e construtiva para responder às reais necessidades das populações que vivem nas Zonas Altas.

“Não faz sentido que o Governo Regional não trate de forma equitativa as autarquias e que apenas faça investimentos nos concelhos onde está no poder um executivo da sua força política”, afirma Paulo Cafôfo. “Comigo na Presidência do Governo Regional da Madeira, iniciaremos uma nova forma de fazer política, colocando as pessoas no centro da decisão. Nada mais pode ser prioritário do que responder às necessidades mais prementes das pessoas”.

Orçamento do Estado é bom para a Madeira e o da Região não resolve principais problemas
30.01.2020

Orçamento do Estado é bom para a Madeira e o da Região não resolve principais problemas

Debater os Orçamentos do Estado e da Região para 2020 foi o objetivo da sessão promovida esta tarde, em Machico, pela Juventude Socialista-Madeira, que juntou os deputados à Assembleia da República e ao Parlamento madeirense Olavo Câmara e Marina Barbosa, respetivamente.
ORÇAMENTO DO ESTADO É BOM PARA A MADEIRA E «DÁ BAILE À DIREITA»
27.01.2020

ORÇAMENTO DO ESTADO É BOM PARA A MADEIRA E «DÁ BAILE À DIREITA»

«O Orçamento do Governo Socialista é bom para os portugueses e, em particular, é bom para a Região Autónoma da Madeira», afirmou hoje o deputado do Partido Socialista à Assembleia da República Olavo Câmara, aquando da audição ao ministro das Finanças, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2020.

PS EXIGE «AUMENTO SUBSTANCIAL» DE FUNDOS EUROPEUS PARA A MADEIRA
18.11.2019

PS EXIGE «AUMENTO SUBSTANCIAL» DE FUNDOS EUROPEUS PARA A MADEIRA

Os deputados do PS-Madeira à Assembleia da República defenderam, hoje, que a Região tem de ter um aumento substancial de fundos europeus no próximo quadro comunitário 2020-2027. Numa altura em que os países europeus estão a discutir aquele que será o pacote financeiro para os próximos anos, o deputado Carlos Pereira entende que «a Região Autónoma da Madeira (RAM) deve bater o pé para ter um aumento substancial de fundos no que diz respeito ao FEDER e ao Fundo Social Europeu».

UMA VISÃO DIFERENTE PARA A MADEIRA
14.11.2019

UMA VISÃO DIFERENTE PARA A MADEIRA

No encerramento do debate do Programa de Governo, o deputado Paulo Cafôfo afirmou que o Partido Socialista irá atuar todos os dias na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira na busca incessante de uma melhor qualidade de vida para os madeirenses e porto-santenses.

PS DEFENDE ACRÉSCIMO DE 5% AO SALÁRIO MÍNIMO
11.11.2019

PS DEFENDE ACRÉSCIMO DE 5% AO SALÁRIO MÍNIMO

O PS entregou na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira uma proposta de decreto legislativo regional, tendo em vista estabelecer a fixação do acréscimo regional de 5% à retribuição mínima mensal garantida a vigorar na Região, tal como sucede nos Açores, com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2020.

PROGRAMA DE GOVERNO É UMA DESILUSÃO
11.11.2019

PROGRAMA DE GOVERNO É UMA DESILUSÃO

O deputado Paulo Cafôfo classificou como «uma desilusão» o programa do Governo Regional, que está em debate na Assembleia Legislativa da Madeira. Na sua intervenção, o parlamentar socialista sustentou que neste programa o Governo promete mais do mesmo.

Acção Socialista