Atualidade

Paulo Cafôfo atribui aos jovens papel determinante no desenvolvimento da região
11.09.2019

Paulo Cafôfo atribui aos jovens papel determinante no desenvolvimento da região

Criar mais e melhor emprego e oportunidades para fixar os jovens e estancar a saída destes da Região é um dos grandes objetivos de Paulo Cafôfo.

O candidato a presidente do Governo Regional participou, esta tarde, na iniciativa “Quartas da Juventude”, promovida pela JS-M, um encontro durante o qual falou com os jovens sobre os desafios para os próximos 10 anos.

Na ocasião, Paulo Cafôfo deu conta do facto de 14 mil pessoas terem saído da Região entre os anos de 2011 e 2018, sendo que a maioria desses emigrantes são jovens. Daí que o projeto do PS tenha como uma das prioridades a criação de oportunidades, de modo a «estancar a saída de jovens para a emigração». «Nós temos de reter talentos, de fixar a juventude, porque a Região, para se desenvolver de uma forma coesa e equitativa, precisa da juventude», vincou o candidato.

Paulo Cafôfo quer que a geração mais bem preparada de sempre ajude a ter uma Madeira mais forte, mais justa e mais competitiva.

O candidato do PS propõe-se a solucionar diversos problemas, a começar pela questão do emprego. Tal como explicou, é preciso inovar e investir em setores tradicionais, como a agricultura, mas também o turismo, que é um setor alavanca e transversal a toda a economia da Região e que «necessita desta juventude qualificada». Por outro lado, há igualmente que incentivar e investir em novos setores, sendo a economia do mar uma das apostas.

A outro nível, Paulo Cafôfo apontou o objetivo de, até 2026, quando se celebrarem os 50 anos da Autonomia, ter os problemas graves de habitação resolvidos na Região. O candidato atribui particular ênfase à criação de programas específicos para a habitação social virada para os jovens, mas também arrendamento acessível, «porque quem quiser iniciar a sua vida e constituir família precisa de ter uma habitação condigna para poder ter os alicerces para suportar a vida que merece».

Por outro lado, o cabeça de lista do PS frisa que há que preparar o futuro, sendo que tal consegue-se por via de uma aposta na educação. Nesse sentido, assegurou que, com um governo socialista, a escolaridade obrigatória (até ao 12.º ano) será gratuita, no que se refere aos manuais, à alimentação e aos transportes. Paulo Cafôfo vinca esta aposta na juventude, por acreditar que «o maior ativo da Região são as pessoas» e que «pessoas qualificadas terão mais oportunidades, terão uma melhor vida, mas, acima de tudo, ajudarão nos próximos 10 anos a que a Madeira possa desenvolver-se e atingir outro patamar de crescimento como merece».

Paulo Cafôfo considera que temos hoje uma “escola aberta a todos no acesso, mas não no sucesso.”

Deste modo, o PS ambiciona um novo modelo de desenvolvimento económico e social que pensa o futuro da Região a 10 anos e que pensa no futuro das novas gerações. De acordo com Paulo Cafôfo, temos de dar soluções para que os mais jovens possam ter oportunidades para vencer na vida, com qualidade de vida, com esperança e com motivação.

Carlos Pereira aponta medidas para as autarquias combaterem a pandemia e ajudarem as empresas e trabalhadores
24.03.2020

Carlos Pereira aponta medidas para as autarquias combaterem a pandemia e ajudarem as empresas e trabalhadores

O deputado do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República Carlos Pereira sugere algumas medidas que ainda podem ser postas em prática pelas autarquias para ajudarem a economia, na sequência da crise causada pela pandemia do Covid-19.

Carlos Pereira propõe programa económico complementar
23.03.2020

Carlos Pereira propõe programa económico complementar

Carlos Pereira, deputado do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República, entende que, além das medidas já apresentadas pelo Governo Regional, é necessário um plano económico complementar para fazer face à queda da economia, que, pelas suas contas, deverá rondar os 10% do Produto Interno Bruto.

PS quer Autoridade da Concorrência a investigar concertação de preços nos transportes marítimos
09.03.2020

PS quer Autoridade da Concorrência a investigar concertação de preços nos transportes marítimos

Os deputados do Partido Socialista-Madeira à Assembleia da República estiveram reunidos, esta manhã, com a direção da Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF), a quem transmitiram as ‘démarches’ que têm vindo a efetuar no sentido de alertar para a necessidade de investigar a alegada concertação de preços nos transportes marítimos na Região.

Orçamento do Estado é bom para a Madeira e o da Região não resolve principais problemas
30.01.2020

Orçamento do Estado é bom para a Madeira e o da Região não resolve principais problemas

Debater os Orçamentos do Estado e da Região para 2020 foi o objetivo da sessão promovida esta tarde, em Machico, pela Juventude Socialista-Madeira, que juntou os deputados à Assembleia da República e ao Parlamento madeirense Olavo Câmara e Marina Barbosa, respetivamente.
ORÇAMENTO DO ESTADO É BOM PARA A MADEIRA E «DÁ BAILE À DIREITA»
27.01.2020

ORÇAMENTO DO ESTADO É BOM PARA A MADEIRA E «DÁ BAILE À DIREITA»

«O Orçamento do Governo Socialista é bom para os portugueses e, em particular, é bom para a Região Autónoma da Madeira», afirmou hoje o deputado do Partido Socialista à Assembleia da República Olavo Câmara, aquando da audição ao ministro das Finanças, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2020.

PS EXIGE «AUMENTO SUBSTANCIAL» DE FUNDOS EUROPEUS PARA A MADEIRA
18.11.2019

PS EXIGE «AUMENTO SUBSTANCIAL» DE FUNDOS EUROPEUS PARA A MADEIRA

Os deputados do PS-Madeira à Assembleia da República defenderam, hoje, que a Região tem de ter um aumento substancial de fundos europeus no próximo quadro comunitário 2020-2027. Numa altura em que os países europeus estão a discutir aquele que será o pacote financeiro para os próximos anos, o deputado Carlos Pereira entende que «a Região Autónoma da Madeira (RAM) deve bater o pé para ter um aumento substancial de fundos no que diz respeito ao FEDER e ao Fundo Social Europeu».

Acção Socialista