Convenção Autárquica
«O PSD lembrou-se que tem de ganhar eleições e é agora, só neste momento, que estão a trabalhar para isso, enquanto nós estamos a trabalhar desde o primeiro momento pelas pessoas e não nos esquecemos disso»
Convenção Autárquica
«O PS não defende há muito tempo estas medidas que Miguel Albuquerque está a apresentar agora. O PS já executa estas medidas onde é poder. Essa é que é a grande diferença»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

DECLARAÇÕES DE ALBUQUERQUE MOTIVAM VOTO DE PROTESTO DO GRUPO PARLAMENTAR SOCIALISTA

As declarações do Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, relativamente à formação superior motivaram a apresentação da parte do Grupo Parlamentar Socialista de um voto de protesto junto do Parlamento madeirense.

Em resposta às declarações de Miguel Albuquerque, que afirmou “aquela ideia muito à portuguesa dos doutorzinhos e dos engenheirinhos está fora de moda”, o grupo parlamentar socialista considerou as declarações infelizes e reveladoras de um Governo e um PSD que, contrariamente ao que apregoa, não mostra qualquer preocupação ou respeito em relação à escolaridade da população e ao futuro dos jovens madeirenses, nem valoriza o empenho das famílias na formação superior dos seus filhos apesar das muitas dificuldades com que por vezes se deparam.

Para o PS-M, a educação, enquanto direito fundamental, deve prioritária para o Governo Regional, merecendo o investimento na sua solidez e no aumento do número de pessoas com formação superior. Apesar de reconhecer a relevância do ensino técnico-profissional e da necessidade de investir no mesmo, o PS-Madeira considera que o ensino superior nunca deve ser posto em causa nem se pode desvalorizar aqueles que optam por essa via.

redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!