A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

PS QUER MAIS CONDIÇÕES PARA OS PESCADORES E CHAMA HUMBERTO VASCONCELOS À ASSEMBLEIA

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista-Madeira esteve, esta manhã, no porto de pesca do Caniçal, para chamar a atenção do Governo Regional para os problemas que estão a afetar os pescadores.

Na ocasião, o deputado Avelino Conceição alertou que os pescadores não podem estar «horas e horas e dias» para fazerem a descarga do seu peixe, algo que é prejudicial para os mesmos. «As horas que estão aqui no porto à espera de descarregar podem perder milhares de euros», advertiu o parlamentar, considerando, por isso, que «o Governo Regional não pode descartar a possibilidade de arranjar melhores condições para os pescadores da Madeira». Se o ano passado o problema era não haver caixas, este ano, referiu, «o Governo Regional chuta para a frente e diz que é por causa dos trabalhadores». «Isso não é verdade, porque os próprios armadores ofereceram o trabalho dos seus pescadores para solucionar o problema e isso não resolveu o problema», disse.

Avelino Conceição afirmou que o Executivo madeirense tem de arranjar condições de infraestruturas de frio para salvaguardar o pescado. «Sabemos que a lota do Funchal está para reconstruir e para criar melhores condições também no aspeto do frio. Sabemos que o Governo central já disponibilizou quatro milhões de euros para essa infraestrutura e o Governo Regional atrasa-se nestas soluções, prejudicando os pescadores», apontou, alertando o Executivo para que olhe para estes problemas, porque «os pescadores não merecem passar o que estão a passar neste momento».

Por outro lado, o deputado socialista deu conta de uma «situação caricata» ocorrida há dias na Madeira, que foi a «abertura do descarregamento do atum patudo», o qual «três horas depois foi fechado, lesando alguns pescadores». Por essa razão, Avelino Conceição adiantou que o Grupo Parlamentar do PS-M vai solicitar uma audição parlamentar ao secretário regional da Agricultura e Pescas, Humberto Vasconcelos, para que explique esta situação.

«Esta situação é gravíssima, porque não podemos estar a brincar à política das pescas. Quem está no Governo Regional tem de saber estar, para que não prejudique nos anos seguintes a quota do atum da Madeira», rematou.

redes sociais

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!