Convenção Autárquica
«O PSD lembrou-se que tem de ganhar eleições e é agora, só neste momento, que estão a trabalhar para isso, enquanto nós estamos a trabalhar desde o primeiro momento pelas pessoas e não nos esquecemos disso»
Convenção Autárquica
«O PS não defende há muito tempo estas medidas que Miguel Albuquerque está a apresentar agora. O PS já executa estas medidas onde é poder. Essa é que é a grande diferença»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

“TENHO EM MIM A FORÇA DE MUITOS MADEIRENSES QUE JÁ NÃO SE REVÊM NESTE TIPO DE PODER”

O candidato do Partido Socialista às eleições regionais de 2019, Paulo Cafôfo, falou ao jornal Público onde teceu duras críticas ao Governo de Miguel Albuquerque e ao estado da política na região e enalteceu a importância de uma alternância governativa.

 

Começou por dizer que o PSD Madeira é um partido dividido e sem rumo e que não reconhece no atual governo a existência de uma estratégia para a Madeira. Apenas vê “uma guerrilha política com o Governo da República e com António Costa” com o objetivo de camuflar a incompetência em solucionar os problemas da região e evitar que o PS-M ganhe as eleições. Acusou, neste contexto, o PSD e o Governo Regional de não quererem resolver os problemas existentes com o Governo da República relativos a vários dossiers que se encontram pendentes de modo a criar um inimigo externo e obterem ganhos eleitorais.

“Não há pessoa naquela região mais interessada do que eu em resolver os problemas que a República tem com a região.”, afirma.

Falou de Alberto João Jardim, comparando-o com o atual presidente do Governo Regional. Aponta duras críticas a Miguel Albuquerque que criticou, em campanha, Jardim e que agora faz o mesmo. Sobre o histórico líder madeirense, diz que este tem, face a Albuquerque, a capacidade de liderança e o “saber fazer melhor as coisas”.

Sobre uma possível vitória nas eleições de 2019 diz que esta não será inesperada, mas sim tardia. Considera que a alternativa política é saudável e boa para a sociedade. Sabe que vai ser uma disputa difícil, mas crê na vitória e diz ter em si “a força de muitos madeirenses que já não se revêm neste tipo de poder”.

Questionado acerca de possíveis coligações com os restantes partidos, não considera este o momento de pensar nisso pois o foco está na coligação com a sociedade civil. Porém, diz ser a pessoa mais experiente para formar consensos caso esse cenário se coloque.

“A política serve para construir pontes e não muros. Seja com a sociedade civil, seja depois, do ponto de vista pragmático em ter de constituir uma maioria, deixemos o povo decidir”, disse Cafôfo.

Referiu, uma vez mais, dos temas que acredita serem prioritários para a região como o Hospital, já aprovado como Projeto de Interesse Comum, a mobilidade, marítima e aérea, e os elevados juros dívida, culpa do Governo Regional. Sobre estes últimos acrescenta ainda a obrigatoriedade de os baixar mesmo que não exista acordo por parte do executivo quanto ao valor.

redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!