Convenção Autárquica
«O PSD lembrou-se que tem de ganhar eleições e é agora, só neste momento, que estão a trabalhar para isso, enquanto nós estamos a trabalhar desde o primeiro momento pelas pessoas e não nos esquecemos disso»
Convenção Autárquica
«O PS não defende há muito tempo estas medidas que Miguel Albuquerque está a apresentar agora. O PS já executa estas medidas onde é poder. Essa é que é a grande diferença»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

«TODOS TEMOS DE TRABALHAR PARA A VITÓRIA DO PS NA MADEIRA EM 2019»

O XVI Congresso Regional da Juventude Socialista-Madeira arrancou, esta manhã, em Machico. Na sessão de abertura do conclave, ficou como ideia central o empenho de todos para a vitória do Partido Socialista na Madeira nas eleições regionais do próximo ano.

O deputado Avelino Conceição foi um dos oradores nesta manhã, tendo desejado sucesso a Olavo Câmara para o próximo mandato à frente da JS-M. Aos jovens, disse que o partido vai precisar muito deles, pois têm uma missão a cumprir, lembrando os três atos eleitorais do próximo ano, nomeadamente as Eleições Europeias, Regionais e Nacionais. «Aquela luz que nós víamos ao fundo do túnel, que nunca passou do fundo do túnel, hoje está muito mais perto do início do túnel, mas, para isso, todos nós temos de trabalhar para o bem comum, que é para a vitória do PS na Madeira em 2019», salientou o parlamentar.

Pelo mesmo diapasão afinou o presidente da Câmara Municipal de Machico, Ricardo Franco, que disse esperar que deste congresso saiam «muitas ideias de políticas para a juventude, porque para o ano vamos precisar dessas vossas ideias para pôr no programa do Governo do PS para a Região Autónoma da Madeira (RAM)».

«Machico é uma referência da democracia, do 25 de Abril, do poder autárquico aqui na Madeira», afirmou o autarca socialista, acrescentando que «tem sido uma terra propensa àquilo que é novidade, uma terra pioneira e não tenho dúvidas de que este congresso da JS será o preâmbulo daquilo que acontecerá no próximo ano com as eleições regionais». «Este será o pontapé de saída aqui em Machico para ganharmos 2019», referiu Ricardo Franco, considerando que «já é muito tempo com o mesmo partido a governar a RAM» e mostrando-se defensor da limitação de mandatos e que «ninguém se deve perpetuar no poder»

Por seu turno, o presidente da Concelhia do PS-Machico, Roberto Santos, destacou que o PS já provou que consegue governar as freguesias e as câmaras melhor do que outros partidos e mostrou-se certo que «o PS governará melhor a Madeira do que o partido que a tem governado até agora».

Quanto a Diogo Viveiros, presidente da Concelhia da JS-Machico, disse acreditar que «venceremos em 2019» e que «o PSD finalmente deixará de governar com as suas políticas enganosas».


redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!