A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

PAULO CAFÔFO EXIGE AUMENTO DE VERBAS PARA A PROMOÇÃO DA MADEIRA

Paulo Cafôfo marcou presença na Cimeira do Turismo de Portugal no passado dia 27 de setembro em Lisboa. O presidente da Câmara Municipal do Funchal participou no painel dedicado à “Gestão Estratégica dos Destinos Turísticos” que contou também com o vereador da Câmara Municipal de Lisboa, Manuel Salgado, e com o presidente da CM Loulé, Vítor Aleixo. A moderação ficou a cargo de Rosário Lira, subdiretora de informação da RTP.

O evento, que coincide com o Dia Mundial do Turismo, colocou em cima da mesa questões como o valor da marca Portugal, a afirmação do Turismo no espaço europeu e a gestão dos destinos turísticos.

Ainda no âmbito do turismo, o candidato do Partido Socialista-Madeira à presidência do Governo Regional havia defendido recentemente um aumento das verbas para a promoção da Região, considerando que o reforço de 700 mil euros anunciado há dias é insuficiente.

Aquando destas afirmações, Paulo Cafôfo referiu o facto de, nos últimos cinco meses, os índices e os parâmetros que avaliam o desempenho do turismo na Madeira terem apresentado quebras significativas.

Algo que, no seu entender, significa que “o Governo Regional não teve a capacidade de, nos bons momentos, preparar a Região para a sustentabilidade necessária para o embate e o suporte em situações menos boas, para conseguirmos resistir e sermos resilientes”.

“Aquilo que queremos é que haja um aumento das verbas para a promoção, porque isso tem uma consequência imediata, que é a promoção do destino e o aparecimento de novas rotas e até de uma nova companhia que é necessário para a Região, não só para o turismo, mas também para os residentes nos valores exorbitantes que pagam para terem de sair da própria ilha”, acrescentou.

redes sociais

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!