Para aceder ao programa da Convenção Autárquica clique sobre a imagem.
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

"O ÚNICO INIMIGO QUE OS MADEIRENSES TEMEM É A INCOMPETÊNCIA DO PSD NA GOVERNAÇÃO DA MADEIRA"

O presidente do Grupo Parlamentar do PS-M respondeu às declarações do PSD-M, no seguimento da visita do ministro da Administração Interna à Região, lembrando que “tivemos 4 anos e meio de governação PSD/CDS-PP na República e, durante todo esse tempo, o Estado Português não investiu na Segurança dos Madeirenses, abandonando a Madeira, como se de uma região estrangeira se tratasse.”

Para Vítor Freitas, desde o 25 de Abril de 1974 que o Estado não desinvestia tanto naquelas que são os seus deveres para com o povo madeirense em matéria de Administração Interna.

Salientou, no entanto, que com a mudança de Governo na República para o Partido Socialista, em 2015, o Estado começou a assumir as suas responsabilidades nesta área, sendo disso exemplo o investimento de 4,3 milhões de euros em execução na Região Autónoma da Madeira.

De acordo com o líder parlamentar do PS, «por aqui se vê a amnésia coletiva do PSD-Madeira e do seu Governo, que, lançados que estão na cegueira eleitoral do próximo ano, optaram como instrumento de campanha pela mentira sistemática e a desresponsabilização grosseira das competências Autonómicas, tentado lançar responsabilidades que são únicas e exclusivas da competência do Governo Regional sobre o Governo da República».

«A Autonomia é também responsabilidade. A proteção civil é responsabilidade do Governo Regional, mas, perante a incompetência que os próprios assumem, tentam esconder essa incompetência criando falsas lógicas de inimigos externos», afirma, acrescentando que «o único inimigo que os madeirenses temem, e é bem real, é a incompetência do PSD na governação da Madeira».

redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!