1

PS DESAFIA PEDRO RAMOS A EXPLICAR SE AFINAL A MADEIRA TEM MÉDICOS A MAIS OU A MENOS

O secretário-geral do Partido Socialista-Madeira considerou ser fundamental que o secretário regional da Saúde esclareça definitivamente aos madeirenses se afinal a Madeira tem médicos a mais ou a menos.

 

«Nós, no PS, encontramo-nos em choque com aquilo que Pedro Ramos entendeu por chamar como uma não notícia, que é o facto de a Madeira passar a ter no próximo ano menos metade dos médicos internos que se encontram neste momento na Região», afirmou João Pedro Vieira, em conferência de imprensa, esta manhã, na sede do partido. O secretário-geral dos socialistas mencionou o facto de no próximo ano a Madeira passar de 50 para 27 médicos internos e de Pedro Ramos entender que «isso não só é uma não notícia, como, para além disso, é aparentemente um facto que deriva de uma decisão também compartilhada pelo Governo Regional de reduzir o número de vagas para médicos internos na Região».

«É fundamental que o senhor secretário regional da Saúde esclareça definitivamente aos madeirenses se afinal a Madeira tem médicos a mais ou médicos a menos, porque, ou bem que temos médicos a mais e não precisamos destes jovens médicos internos na Região, ou bem que temos médicos a menos e é preciso explicar por que é que eles no próximo ano serão ainda menos do que aqueles que temos na Região este ano», desafiou João Pedro Vieira.

O secretário-geral do PS-M disse que aquilo que sabemos, e que foi noticiado, é que temos falta de médicos especialistas na Região, que temos tempos de espera que continuam a ser muito superiores àquilo que seria desejável, quer estejamos a falar de cirurgias ou de consultas, e que centenas e milhares de madeirenses continuam sem médico de família, sendo que «Pedro Ramos vem contrariar todos esses números, dizendo que não é um problema a Madeira ter menos médicos internos no próximo ano».

«A pergunta que tem de ser feita e que o PS faz hoje ao senhor secretário regional da Saúde é que nos explique se, afinal, a Madeira tem médicos a mais ou médicos a menos, se, afinal, quer ou não ter jovens médicos na Região a fazer a sua formação e, se quer, qual é então o motivo para não termos estes médicos internos no próximo ano na RAM», questionou João Pedro Vieira. Segundo afirmou, não é possível contrariar a falta de médicos especialistas e contrariar os tempos de espera nas cirurgias e nas consultas dizendo que não precisamos que os jovens médicos madeirenses regressem hoje à Região para continuarem a sua formação.

No entender do secretário-geral do PS-M, este é um problema que tem consequências muito nefastas para o sector da Saúde na Região e «não podemos admitir que o senhor secretário regional da Saúde venha falar desta situação encarando-a como uma aparente não notícia». «Isto é mais uma má notícia sobre o Serviço Regional de Saúde e aquilo que esperamos é que o senhor secretário regional seja capaz de explicar qual é afinal a posição do Governo Regional relativamente a esta matéria», finalizou.


redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!