A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

ANA CATARINA MENDES VEM À MADEIRA APRESENTAR MOÇÃO DE ANTÓNIO COSTA

A secretária-geral adjunta do Partido Socialista, Ana Catarina Mendes, vem, este sábado, 5 de maio, à Madeira, para apresentar a moção que António Costa irá levar ao Congresso Nacional do partido, que se realiza entre os dias 25 e 27 de maio, na Batalha. A apresentação da moção “Geração 20/30” terá lugar pelas 17h00, no Casino Park Hotel.  

Ana Catarina Mendes salienta que «a moção Geração 20/30 é um guião para o futuro próximo do PS e do País. Abordando a nossa resposta àquilo que entendemos serem os grandes desafios da sociedade portuguesa para a próxima década: as alterações climáticas, o desafio demográfico, a sociedade digital e o combate às desigualdades».

De acordo com a secretária-geral adjunta do PS, a moção «é também um ponto de partida e de mobilização para as batalhas eleitorais que temos pela frente», em 2019, nomeadamente as Eleições Europeias de maio, as Legislativas de outubro e as Regionais da Madeira de 2019, «em que temos um objetivo comum, bem definido por António Costa: ganhar, ganhar, ganhar».

Por seu turno, o presidente do PS-M considera que a vinda de Ana Catarina Mendes à Madeira para apresentar a moção que António Costa irá levar ao Congresso da Batalha é «uma prova evidente da preocupação da estrutura nacional para com a estrutura regional do partido». De acordo com Emanuel Câmara, este será «um momento importante para todos os militantes e simpatizantes do PS se inteirarem das linhas orientadoras que o atual secretário-geral do PS tem para o futuro e para o próximo mandato».

O presidente dos socialistas madeirenses sublinha que esta é uma moção na qual o PS-M se revê e releva o facto de os responsáveis do partido a nível nacional se preocuparem com a Região Autónoma da Madeira no seu todo, reafirmando ainda o objetivo do PS de concretizar a alternância do poder na Região em 2019.

Refira-se que, tal como consta da moção de orientação política que António Costa irá apresentar ao Congresso Nacional, o secretário-geral do PS pretende «oferecer uma solução de Governo estável e duradouro» aos madeirenses nas eleições regionais do próximo ano. «A expetativa do PS é oferecer uma solução de Governo estável e duradoura aos madeirenses, em consequência de um projeto político abrangente envolvendo a sociedade madeirense», é apontado no documento.

Recorde-se que a direção do partido na Madeira, liderada por Emanuel Câmara, apoia Paulo Cafôfo, presidente da Câmara Municipal do Funchal, para candidato à presidência do Governo Regional, nas eleições de 2019, sendo este um nome que reúne consensos no Largo do Rato, em Lisboa, e há muito apreciado também pelo secretário-geral do PS.

De referir ainda que 65 congressistas madeirenses, entre eleitos e inerentes, deverão participar na reunião magna dos socialistas. Tal como já havia adiantado ao DIÁRIO o secretário-geral do PS-M, João Pedro Vieira, este é «um sinal claro da dinâmica e vitalidade da estrutura regional do partido», que ganhará outra dimensão com as intervenções que vierem a ocorrer.

redes sociais

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!