Convenção Autárquica
«O PSD lembrou-se que tem de ganhar eleições e é agora, só neste momento, que estão a trabalhar para isso, enquanto nós estamos a trabalhar desde o primeiro momento pelas pessoas e não nos esquecemos disso»
Convenção Autárquica
«O PS não defende há muito tempo estas medidas que Miguel Albuquerque está a apresentar agora. O PS já executa estas medidas onde é poder. Essa é que é a grande diferença»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«O futuro da Madeira começou hoje. Vamos todos arregaçar as mangas!»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«A nossa marca é a proximidade e o envolvimento dos cidadãos, da sociedade civil, na construção de um futuro comum»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Nós não queremos mudar o poder pelo poder. Temos uma estratégia de desenvolvimento para a Região assente numa agenda social, humanista, progressista, mas que quer, acima de tudo, mudar aquilo que tem sido um paradigma de um governo Regional que tem governado para o partido, tem governado para alguns interesses, não tem governado para o coletivo»
A Madeira que queremos - Diálogos com Paulo Cafôfo
«Temos uma Região que não tem petróleo nem diamantes, mas temos as pessoas, pessoas que querem concretizar sonhos, construir o futuro, que são trabalhadoras, empreendedoras e resilientes. É nestas pessoas, na sua educação, que nós devemos apostar, na qualificação da nossa população, porque esse é e será o principal fator de desenvolvimento»
1

PS DEFENDE REVISÃO DE DIPLOMA SOBRE PREVENÇÃO E COMBATE AOS FOGOS FLORESTAIS

Considerando que a lei que vigora, data já de 1998, está desajustada, face às notórias alterações climáticas, o líder parlamentar, Victor Freitas, explicou as motivações do PS num projecto de resolução que visa "a prevenção e combate aos fogos florestais", no qual reivindica um programa em que, entre outras valências, o governo notifique os proprietários e estabeleça prazos para limpeza de terrenos.

Victor Freitas considerou urgente alterar a legislação regional sobre prevenção e combate aos fogos florestais que data da década de 1980. 

O líder parlamentar socialista disse ser importante adaptar a lei à realidade, nomeadamente às alterações climáticas. O diploma do PS passa a ser o governo regional a notificar os proprietários dos terrenos para os limparem, notificar os proprietários sobre as limpezas dos terrenos na área florestal, estabelecendo um calendário e prazos para as limpezas dos terrenos; informar sobre as questões técnicas de desmatação, corte de árvores e limpeza de terrenos; informar os proprietários dos sítios onde podem ser depositados os produtos sobrantes do processo de limpeza dos terrenos; informar sobre a proibição de fogueiras e queimadas.

Por outro lado, o líder parlamentar do PS considera importante criar um orçamento participativo, na Região, porque "a participação democrática dos cidadãos não se esgota no dia das eleições e no voto". 

Victor Freitas defendeu a "ampliação" da participação democrática, seja ao nível municipal, regional ou nacional. "Estes orçamentos participativos têm o mérito de aproximar os cidadãos da política", afirmou o deputado que também compreende que sejam definidas linhas prioritárias para as propostas.

 
 

 

redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

Vídeos

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!