1

REESTRUTURAÇÃO DOS PORTOS DEVE SER FEITA DE UMA VEZ POR TODAS

O presidente do PS-Madeira, Carlos Pereira, realizou, uma conferência de imprensa, junto à Vice-Presidência do Governo Regional, onde afirmou que é preciso fazer, de uma vez por todas, a reestruturação dos portos da Madeira e, por sua vez, garantir a queda dos preços dos transportes marítimos.

“Este governo prometeu, de facto, uma reestruturação e prometeu, por exemplo, que haveria uma concessão de serviço público da gestão portuária. Ora, passaram dois anos e meio e não foi feito, absolutamente nada”.

Por sua vez, Carlos Pereira disse que “o PS deu mais oportunidade ao governo para cumprir as suas promessas, apresentando uma proposta de lei que permitia a criação de um concessão para serviço público da operação portuária”. No entanto, o PSD votou contra essa proposta, alegando que era um processo que estava em curso. O líder socialista lembrou, desde o ano 2000, que o governo do PSD dizem que vão mudar e reestruturar a operação portuária, contudo, nada aconteceu até agora. “Esta é mais uma das promessas de tantas outras que foram feitas, ao longo destes anos, e que não teve nenhum efeito para a Madeira e, sobretudo, não teve impacto nas famílias e na vida das empresas da Madeira. Parece que o PSD está a fazer o que fez, sempre, que é arrastar outra vez este processo e, agora, quer arrastar o processo para os tribunais e, enquanto, vai arrastando o processo, nós continuamos a ser a única região do país a ter os transportes mais caros da Europa”, lamentou.

Carlos Pereira garantiu que não vai desistir desta matéria, até que a mesma seja concretizada, de a permitir que os portos da Madeira seja mais competitivos e ofereçam preços de transportes marítimos mais baratos.

“Este governo prometeu, de facto, uma reestruturação e prometeu, por exemplo, que haveria uma concessão de serviço público da gestão portuária. Ora, passaram dois anos e meio e não foi feito, absolutamente nada”.

Por sua vez, Carlos Pereira disse que “o PS deu mais oportunidade ao governo para cumprir as suas promessas, apresentando uma proposta de lei que permitia a criação de um concessão para serviço público da operação portuária”. No entanto, o PSD votou contra essa proposta, alegando que era um processo que estava em curso. O líder socialista lembrou, desde o ano 2000, que o governo do PSD dizem que vão mudar e reestruturar a operação portuária, contudo, nada aconteceu até agora. “Esta é mais uma das promessas de tantas outras que foram feitas, ao longo destes anos, e que não teve nenhum efeito para a Madeira e, sobretudo, não teve impacto nas famílias e na vida das empresas da Madeira. Parece que o PSD está a fazer o que fez, sempre, que é arrastar outra vez este processo e, agora, quer arrastar o processo para os tribunais e, enquanto, vai arrastando o processo, nós continuamos a ser a única região do país a ter os transportes mais caros da Europa”, lamentou.

Carlos Pereira garantiu que não vai desistir desta matéria, até que a mesma seja concretizada, de a permitir que os portos da Madeira seja mais competitivos e ofereçam preços de transportes marítimos mais baratos.

redes sociais

agenda

acção socialista | digital

 

militante

 

newsletter

Inscreva-se na nossa newsletter para saber as últimas novidades!